Agência Nacional de Aviação Civil aprovou ontem (24/09) a unificação das empresas aéreas Gol e Varig. Segundo Tarcísio Gargioni, vice-presidente de Marketing e Serviços da Gol, as duas marcas serão mantidas mas as operações passarão a ser unificadas

" Vamos reformular a nossa malha aérea de forma a permitir que o passageiro possa ser beneficiado com uma melhor distribuição de vôos das duas companhias", afirmou ele recentemente.

Em relação ao programa de milhagem da Varig o dirigente adiantou que os clientes portadores do cartão Smiles terão seus direitos respeitados. "Ainda não sabemos como será o processo com a unificação das operações e estamos estudando uma fórmula satisfatória para a questão. Por enquanto continua valendo o modelo atual", explicou.

A reestruturação resultará na fusão da malha de vôos e da tripulação, assim como na estrutura de atendimento ao passageiro. A união das empresas representa também a unificação da frota com aviões Boeing da nova geração, modelos 737-700 e 737-800.

A Varig receberá novos aviões com uma configuração de poltronas diferenciadas onde as primeira filas possuem poltronas conversíveis e em lugar de três lugares serão dois lugares. Uma das preocupações com a unificação das duas empresas é o processo de demissão dos funcionários da Varig, já que o quadro da companhia será drasticamente reduzido.

Fuente:

www.mercadoeeventos.com.br